Economia Financeira

Aqui você encontra diversas possibilidades de crédito.

Mercado de ações

Objetivos do mercado de ações

Os objetivos no mercado de ações podem ser diversos, mas há dois grupos principais: os investimentos e a especulação. O investidor normalmente é voltado para o longo prazo e se baseia em objetivos para o patrimônio.

Já o especulador foca em operações de curtíssimo e curto prazo, com o objetivo de aproveitar a volatilidade para buscar lucros. É o caso do day trade e swing trade, por exemplo.

Além disso, a compra e venda de ações cumpre funções diferentes para a economia, para as empresas de capital aberto e para os próprios investidores.

Entenda melhor a seguir!

Para a empresa

Como você viu, a empresa realiza uma oferta primária de ações ou IPO para abrir capital na bolsa. Com isso, ela busca se capitalizar com recursos para realizar novos investimentos e expandir sua atuação ou até mesmo abater dívidas e melhorar a sua saúde financeira.

Assim, a companhia cria as condições para crescer, produzir mais, gerar renda e tornar-se mais atrativa para investidores. É um ciclo virtuoso.

Para os investidores

O mercado de ações possibilita que o investidor obtenha o melhor de um negócio (lucro e rentabilidade) sem participar da burocracia, administração e gestão. Mas é preciso considerar que ele assume também os riscos de prejuízo oriundos da queda das ações e desvalorização do patrimônio.

Para a economia

Como você viu, a repercussão de uma decisão econômica se reflete nas ações e na bolsa de valores de uma maneira geral. Ao analisar os movimentos de compra e venda das ações das empresas mais importantes, existe uma correlação com o crescimento da economia de um país.

Se as principais empresas vão mal, esse é um indicativo que se transfere ao país como um todo. O mesmo acontece quando elas vão bem. Desse modo, a evolução do mercado de capital se relaciona com o crescimento da economia nacional.