Economia

Brasil tem a quinta maior alta do PIB entre os integrantes do G20

Segundo especialistas, o Brasil se destaca positivamente no cenário econômico mundial

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro foi o quinto que mais cresceu no segundo trimestre de 2023 entre os integrantes do G20, segundo o ranking da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

A economia do Brasil, a mais forte da América do Sul, cresceu 0,9% no segundo trimestre de 2023, em comparação com o trimestre anterior, de acordo com dados do Sistema de Contas Nacionais Trimestrais, divulgados nesta sexta-feira (1º) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Entre os destaques estão a Indonésia, com um crescimento de 3,9% e Turquia, que apresentou uma alta de 3,5%, logo após as eleições presidenciais, que aconteceram em maio no país. A economia mais forte do mundo, os Estados Unidos, teve uma alta de 2,1%. Segundo especialistas, isso aconteceu principalmente devido ao aumento nos gastos do consumidor e no investimento empresarial

As economias da China e do Japão também cresceram, com uma alta de 0,8% e 1,5% respectivamente.

Entre as economias que contraíram estão a Arábia Saudita, com uma retração de 0,1 % e a Itália, com uma queda de 0,4%.

Para o economista Fernando Barros Jr, professor da Universidade de São Paulo, o Brasil se destaca positivamente no cenário econômico do G20.

“Enquanto a maioria dos países do G20 têm feito políticas contracionistas para lidar com a inflação, o Brasil manteve uma boa execução de política monetária que controlou a inflação”, concluiu Fernando.

Para o economista, parte relevante do crescimento da economia brasileira vem do setor de serviços, que foi muito prejudicado durante a pandemia. “Era esperado que este setor se recuperasse aos poucos depois que as restrições de mobilidade fossem removidas”, afirmou.

Gabriel Garciada CNN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *